Enquete

  01) Sim

  02) Não

  03) Ainda não pensei sobre o assunto

Fechar
Enquetes anteriores

Poder Judiciário de Mato Grosso

Notícias

10.06.2019 14:04

Judiciário promove círculo de paz com crianças do Programa Siminina
Compartilhe
Tamanho do texto:
 Abraços, sorrisos, risadas e olhares afetuosos se espalharam pela Associação de Moradores do bairro Jardim Leblon, em Cuiabá, durante a realização do círculo de construção da paz com as crianças do Programa Siminina, na sexta-feira (7 de junho). A unidade foi a primeira das 16 que irão receber os círculos promovidos pelo Núcleo Gestor da Justiça Restaurativa (Nugjur) ao longo deste ano.
 
Um dia muito especial foi vivenciado por parte das 64 meninas atendidas pelo programa, com a realização de um círculo no período matutino e outro no vespertino. A atividade proporciona um momento único para falar de si mesmo, construir acordos e valores, partilhar sentimentos e emoções, de igual para igual.
 
“Eu gostei muito, quero que elas venham todos os dias. Achei muito legal, bem criativo, interessante, aprendi muitas coisas sobre amizade, amor e respeitar as pessoas”, expressou Evellyn Gomes Silva, que está no projeto há três anos.
 
“Valorizar o que é mais importante na nossa família, na nossa vida foi o que eu achei mais interessante. Foi muito bom”, avaliou Sofia de Paula Santos, de 11 anos.
 
Durante a realização do círculo, houve momentos de grande emoção, em que monitoras e alunas choraram, falando sobre a forma como elas chegaram e como saíram após o círculo de paz.
 
“Eu fiquei impressionada, nós não contivemos as lágrimas. “Esse trabalho foi de total produtividade para as meninas. Tenho certeza que cada coisa que elas ouviram vai trabalhar dentro delas, tudo que elas criaram ali, na roda de conversa, em grupo”, pontuou a monitora Gracineia Fernandes.
 
A emoção também tomou conta das servidoras do Poder Judiciário que conduziram o círculo de paz, conforme destaca a facilitadora Roseli Barreto. “Nós abrimos com chave de ouro. Trabalhar com meninas dessa faixa etária é trazer a prevenção, construir bons relacionamentos, falar de valores que são referências de berço para elas. Sentimentos, necessidades, família, crescimento e, sobretudo, sobre o amor. Começar hoje no projeto Siminina foi pura emoção.”
 
Mylena Petrucelli
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394